Casa Viva

Updated: Dec 13, 2020

O projeto CASA VIVA, está localizado na Ecovila Clareando, na cidade de Piracaia, São Paulo, Brasil. Atendendo requisitos solicitados pelos clientes Fábio e Cintia, foi construída com terra retirada do local da obra e materiais de baixo impacto ecológico.



A execução de paredes em taipa de pilão utilizou terra local, numa composição de argila e silte, peneirada e misturada, e posteriormente espalhada dentro das formas.


As camadas de aproximadamente 15cm de altura foram compactadas mecanicamente, garantindo uma estrutura durável e resistente.


Para a execução da parede levou-se em conta as sondagens feitas no local da obra e análise físico-química dos solos usados onde é identificada a granulometria e a CTC (Capacidade de Troca Catiônica) que identifica o tipo predominante de argilomineral do solo.


Esta análise foi feita pelo executor da taipa de pilão, empresa Taipal, que tem parceria com a

ESALQ - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da USP - Universidade de São

Paulo, em São Carlos, interior do Estado.


Para além da sustentabilidade que garante que a parede erguida possa voltar a ser terra novamente, o projeto considerou a ventilação cruzada entre todos os ambientes, aumentando assim a eficiência térmica e a salubridade do imóvel.


Ao utilizarmos mão de obra e terra local, acabamos por motivar visitas e discussões sobre conservação do meio ambiente e o emprego da bioconstrução.



Dentre as propriedades e qualidades apresentadas temos:

- a inércia térmica da terra, dificulta a troca de calor entre o ambiente interno e externo, mantendo a temperatura agradável dentro do imóvel ao longo do dia;

- as paredes em terra funcionam como um filtro natural, absorvendo a umidade e depois uma evaporação dessa umidade, dessa forma purificando o ar;

- o material utilizado é natural e facilmente reciclado.

Recent Posts

See All